Maiores salários da Fórmula 1

Kimi Raikkonen possui o maior salário na Fórmula 1

Kimi Raikkonen possui o maior salário na Fórmula 1


A revista Arabian Business, dos Emirados Árabes divulgou uma lista com os salários dos pilotos da Fórmula 1. A revista que é vendida em vários países do Oriente Médio. E de acordo com o levantamento da revista, o piloto que possui o maior salário na categoria é Kimi Raikkonen, da Ferrari.

O finlandês receberá R$ 80 milhões até o fim do ano da escuderia italiana. Seu companheiro, o brasileiro Felipe Massa recebe R$ 66 milhões a menos e ocupa a quinta posição na lista.
Outros dois campeões fecham o pódio dos maiores salários, ocupando o segundo lugar, o inglês, Lewis Hamilton (R$ 32 milhões) e o espanhol Fernando Alonso (R$ 26 milhões) fecha o pódio.

Veja a lista divulgada pela Arabian Business:

1º – Kimi Raikkonen (FIN) Ferrari – R$ 80 milhões
2º – Lewis Hamilton (ING) McLaren – R$ 32 milhões
3º – Fernando Alonso (ESP) Renault – R$ 26 milhões
4º – Nico Rosberg (ALE) Williams – R$ 15 milhões
5º – Felipe Massa (BRA) Ferrari – R$ 14 milhões
6º – Jarno Trulli (ITA) Toyota – R$ 11,5 milhões
7º – Sebastian Vettel (ALE) Red Bull – R$ 10,6 milhões
8º – Mark Webber (AUS) Red Bull – R$ 9,7 milhões
9º – Jenson Button (ING) Brawn – R$ 8,8 milhões
10º – Robert Kubica (POL) BMW Sauber – R$ 8 milhões
11º – Heikki Kovalainen (FIN) McLaren – R$ 6,2 milhões
12º – Nick Heidfeld (ALE) BMW Sauber – R$ 4,9 milhões
13º – Timo Glock (ALE) Toyota – R$ 3,5 milhões
14º – Giancarlo Fisichella (ITA) Force India/Ferrari – R$ 2,6 milhões
15º – Sebastien Buemi (SUI) Toro Rosso – R$ 2,6 milhões
16º – Rubens Barrichello (BRA) Brawn – R$ 1,7 milhões
17º – Jaime Alguersuari (ESP) Toro Rosso – R$ 800 mil

Os pilotos Vitantonio Liuzzi e Adrian Sutil, da Force India, Romain Grosjean, da Renault, e Kazuki Nakajima, da Williams, não entraram na lista.